Reunião Nacional mobiliza autoridades e valoriza a cultura regional

Encerrou na sexta-feira (23), a 48º Reunião Nacional do Grupo de Educação Fiscal, que foi aberto pelo secretário da Fazenda, Simão Cirineu Dias, na quarta-feira, na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. O coordenador estadual do GEFE/GO, José Humberto Corrêa de Miranda, considera que os objetivos esperados foram atingidos. Eugênio Celso Gonçalves, gerente nacional do Programa, destaca que algumas iniciativas do grupo goiano chamaram a atenção dos participantes, como a parceria com grupos culturais e a inserção da Educação Fiscal na grade curricular de algumas escolas de Goiânia.Promover o intercâmbio entre representantes estaduais do programa e ampliar a conscientização da população sobre os direitos e deveres em relação aos tributos e à aplicação dos recursos públicos foram alguns dos objetivos do encontro, como afirmou Simão Cirineu, em seu discurso.

“Os cursos de educação fiscal possibilitam que os participantes compreendam as vertentes financeiras da arrecadação, da gestão e dos gastos públicos, de modo a estimular o contribuinte a participar da arrecadação. Além disso, os estudantes são estimulados a acompanhar a aplicação dos recursos públicos para verificar se estão sendo aplicados com justiça, transparência, honestidade e eficiência”, ressaltou o secretário da Fazenda.

Parceiros

O delegado da Receita Federal, Ronaldo Genu, também presente no evento, frisou que a troca de experiências entre os diferentes gestores e divulgação de projetos exitosos em outras unidades da federação favorecem o entendimento da população sobre a importância da arrecadação de impostos e fiscalização quanto ao seu destino.

Já a gerente da Escola Nacional de Administração Fazendária (Esaf),  Rai de Almeida, afirmou que o Estado precisa investir tempo na ampliação do debate sobre como aplicar os recursos públicos de forma mais eficiente.

Valorização cultural

Representantes de Grupos de Educação Fiscal de todo o Brasil elogiaram as apresentações musicais e teatrais que foram promovidas na abertura da Reunião. O grupo de teatro da Ciranda da Arte, da Secretaria da Educação de Goiás, apresentou, na abertura do Encontro, a cena “Tudo pode mudar”.  A coordenadora pedagógica Lucirene Ferreira Santana Gualberto explica que a linguagem da peça envolve conteúdo e ludicidade, despertando no público uma compreensão rápida e afetiva sobre temas importantes para a melhoria da vida na cidade. Outra iniciativa do GEFE/GO foi a exposição de telas de artistas plásticos goianos, cedidas pelo Museu de Arte de Goiânia especialmente para a abertura evento, e exposição de orquídeas do município de Piracanjuba, cedidas pela Subsecretaria de Educação.  “O Grupo de Educação Fiscal também se preocupa com a valorização dos artistas e da cultura regional, porque entende que isso desperta grande interesse social”, afirma Lucirene.

Sobre edufiscalgo

Blog das ações e informações do Grupo de Educação Fiscal Estadual de Goiás - GEFE/GO.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s