54º reunião do Grupo de Educação Fiscal (Nacional)

Nesta semana, o coordenador do Grupo de Educação Fiscal de Goiás, o auditor José Humberto Corrêa de Miranda participou, em Brasília da 54ª reunião nacional do GEFE. Para José Humberto, um dos momentos mais importantes da reunião foi a solenidade de entrega do II Prêmio Nacional de Educação Fiscal, a ser realizada na Câmara Legislativa do Distrito Federal. Organizada pela Federação Brasileira das Associações dos Fiscos Estaduais, a premiação contemplou colégios e instituições que incentivam, por meio da educação fiscal, ferramentas de conscientização e sensibilização da função social dos tributos.

A reunião se encerrou na quarta-feira (20), na Escola de Administração Fazendária, após a apresentação  e a discussão das metas do Planejamento Estratégico para 2014-2016, pelo comitê executivo, do qual José Humberto é integrante. No encerramento, com o simbolismo de um plantio de árvore, houve a despedida de Eugênio Gonçalves da gerência do Programa Nacional de Educação Fiscal. O auditor Ronaldo Nunes assume o posto.

Galeria de fotos: http://www.flickr.com/photos/100593126@N06/sets/72157637913266416/

Premiados

Fonte: http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/cinco-projetos-recebem-premio-de-educacao-fiscal/

Na categoria “Instituições”, venceu o projeto “Impostos, Transparência, Participação, Prosperidade”, da prefeitura de Barroso (MG). Na categoria “Escolas”, o projeto “Disseminadores da Educação Fiscal”, elaborado pelo Colégio Estadual Nestor Victor, da cidade de Pérola (PR), levou o 1º lugar. Cada um recebeu R$ 15 mil.

Em segundo lugar nessas categorias, aparecem os projetos “Difundindo a Educação Fiscal em Lindolfo Collor”, do município gaúcho homônimo; e “Gincana Fiscal João Widemann”, realizada pelo Colégio Professor João Widemann, de Blumenau (SC). Cada qual recebeu a premiação de R$ 10 mil.

O projeto “A Importância da Educação Fiscal na Educação Infantil”, do colégio Professora Adelaide Bessa Wanderley, de Manaus (AM), ficou em terceiro lugar na categoria escolas e levou R$ 5 mil.

“É um projeto de cidadania e que com certeza trará frutos para o Brasil, por meio da consciência cidadã e do acompanhamento das receitas públicas”, comemorou o presidente da Febrafite, Roberto Kupski.

“Estamos os fiscos de um modo geral em busca da formação adequada do cidadão acerca da importância do tributo, de transmitir o dever do pagamento e, sobretudo o direito de exigir o retorno do Estado. Iniciativas como essa engrandecem a nação brasileira”, complementou o secretário da Receita Federal do Brasil, Carlos Alberto Freitas Barreto.

Sobre edufiscalgo

Blog das ações e informações do Grupo de Educação Fiscal Estadual de Goiás - GEFE/GO.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s